• Med. Dentária Integrativa

A Acupuntura no tratamento da Dor Orofacial


A dor orofacial é uma queixa frequente nas consultas de Medicina Dentária, pelo que o médico dentista deve ser conhecedor das suas causas e modalidades de tratamento disponíveis, de modo a otimizar o diagnóstico e orientar o paciente, permitindo sempre que possível uma abordagem multidisciplinar. O tratamento inapropriado da dor aguda pode conduzir à dor crónica, cuja complexidade beneficia da conjugação das terapias convencionais e não convencionais, como por exemplo a acupuntura.

Neste artigo, abordamos duas grandes causas de dor orofacial: a dor odontogénica e a dor relacionada com a disfunção temporomandibular.

A dor odontogénica tem a sua origem nos dentes e nas suas estruturas de suporte (polpa, tecido periodontal, etc.). É o tipo de dor orofacial mais frequente e mais fácil de diagnosticar, uma vez que responde a estímulos diretos, como a percussão e a temperatura.

A dor relacionada com a disfunção temporomandibular tem origem na articulação temporomandibular (ATM) ou nos músculos a ela associados. Pode resultar de processos inflamatórios, desgaste ou incorreto posicionamento da articulação, sobrecarga ou tensão dos músculos mastigatórios, trauma, fatores psicológicos, entre outros. A dor pode ser sentida pelo paciente no ouvido, ATM, têmporas, mandíbula ou cervical, de um ou ambos os lados.

A cabeça, com destaque para a região orofacial e da ATM, é rica em pontos de acupuntura. A acupuntura e a eletroacupuntura constituem modalidades de tratamento complementar, que proporcionam o alívio da dor e favorecem a cicatrização. Por outro lado, permitem melhorar as condições psicológicas frequentemente associadas à dor crónica, como por exemplo a ansiedade, alterações do sono e a depressão, acelerando e favorecendo a resposta clínica aos demais tratamentos.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo